Natural da Holanda, Johan Van Lengen,  grande mestre em Bio Arquitetura e Arquitetura Intuitiva, deixou de lado uma bem-sucedida carreira na Califórnia, em meados dos anos 70, e passou a se dedicar a busca de soluções ecológicas, econômicas e apropriáveis para melhoria nas moradias populares. Neste contexto, trabalhou para várias agências governamentais incluindo a Organização das Nações Unidas (ONU), atuando principalmente na América Latina.

Desenvolveu pesquisas na área de energia solar na UNICAMP e lecionou na escola de arquitetura da PUC do Rio de Janeiro, sempre desenvolvendo novas idéias e soluções para tecnologia da construção.

Sua preocupação em informar o consumidor final da arquitetura, resultou na elaboração do livro Manual do Arquiteto Descalço, obra considerada pelos especialistas da área como indispensável para a compreensão e emprego de tecnologias apropriadas e ecológicas em construção.

Estabelecido na serra fluminense, perto de Nova Friburgo, Johan e sua esposa Rose fundaram o Instituto TIBÁ (Tecnologia Intuitiva e Bio Arquitetura), iniciando ai um forte núcleo internacional para a disseminação de técnicas construtivas naturais, arquitetura vernacular, intuitiva e de um design arquitetônico baseados na sustentabilidade, mais integrados com a natureza.

Atualmente Johan Van Lengen se dedica ao instituto, lecionando Bio Construção e Arquitetura Intuitiva.

fonte: Ecoeficientes